Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Caminho das Palavras

O Caminho das Palavras

Seg | 20.02.17

Não se Nasce Mulher por Acaso

M de mulher, M de mãe, M de matriarca, M de magnífica, M de mil e uma palavras que classificam as mulheres que fazem ou fizeram parte da minha vida.
Mulheres que nascem marcadas.
Marcadas pela força, pela coragem com que vivem as suas vidas, muitas vezes malditas, outras abençoadas. Mulheres que não nasceram mulheres por acaso. Mas com um destino traçado.
Mulheres que vivem, trabalham, lutam, parem, sempre com gotas de suor invisíveis que escorrem pelo rosto, com lágrimas silenciosas de sacrifício, sorrisos carinhosos que guardam no colo, para os filhos.
(...)O espírito forte que as empurra para a frente, quando o destino se revela cruel e as forças ameaçam ruir. Porque às mulheres cabe o papel mais difícil, o de carregar nas mãos sentimentos que deviam estar dentro do peito.
Ser mulher é rir, é chorar, é nunca perder a esperança, nunca perder a coragem.
E quando a última me falta, recupero-a com a lembrança das mulheres magníficas que me criaram, que sobreviveram num mundo liderado por homens, mas alimentado por mulheres

10685501_975703499121031_1500781890730508537_n.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.